Semana do Meio Ambiente encerra com palestras e inauguração de sistema de água

A XXVI Semana do Meio Ambiente no Núcleo de Meio Ambiente da UFPA encerrou nesta segunda-feira, 05. O evento que teve início na última sexta-feira, 02, reuniu uma programação diversificada para o público acadêmico e o público em geral, com seminários, palestras, lançamento de livros e atrações culturais. Confira aqui a galeria de fotos do evento.

A abertura do primeiro dia de evento teve a presença do pró-reitor da Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, Prof. Dr. Rômulo Simões Angélica; do coordenador acadêmico do NUMA, prof. Dr. Sérgio de Moraes; o vice-coordenador, Prof. Dr. Norbert Fenzl. A manhã seguiu com a palestra "A inserção dos critérios socioambientais no Núcleo de Meio Ambiente da UFPA", com a coordenadora de Meio Ambiente (CMA) da Prefeitura da UFPA, Lúcia de Fátima Almeida e a palestra "Biodiversidade e regime de benefícios compartilhados", com o professor Dr. Rodolpho Zahluth Bastos.

Já no período da tarde, os participantes acompanharam outras duas palestras: "Gestão social de bens comuns urbanos no contexto da cidade justa, democrática e sustentável: o caso da orla do Portal da Amazônia, em Belém (PA)", com a prof.ª Mestre Maria Cláudia Albuquerque e "Meio ambiente no contexto da crise econômica", com o prof. Dr. Norbert Fenzl. Logo em seguida, houve o lançamento de dois "e-books" sobre gestão ambiental na Amazônia. Para encerrar o dia, Ilma Maria e Paulinho dos teclados animaram o primeiro dia de evento como a atração cultural do "Carimbatuque"

Na segunda-feira, foi a vez do prof. Dr. Sérgio de Moraes ofertar a palestra "Saberes Tradicionais e Meio Ambiente", seguido da palestra "Agroecologia e Tecnologias Sociais", com a Dra. Tatiane Sá, da Embrapa Amazônia Oriental e da palestra "Legislação e Meio Ambiente", com a prof.ª Dra. Maria do Socorro Flores. A XXVI Semana de Meio Ambiente do NUMA foi encerrada com a inauguração do sistema de aproveitamento de água de chuva.

Conscientização - A Semana do Meio Ambiente ocorre em meio as celebrações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado anualmente no dia 05 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. A proposta é transformar o mês de junho em um período de atenção pública e de ações políticas de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Texto e foto: Fábia Sepeda - Núcleo de Meio Ambiente da UFPA

Palestra aborda participação e desenvolvimento territorial

O Núcleo de Meio Ambiente receberá nesta terça-feira, 06, a palestra "Participação e Desenvolvimento Territorial: as experiências da Espanha", ofertada pela Professora Dr.ª Carmen Piñeda Nebot, do Conselho Latino-americano de Ciências (CLACSO). O evento faz partes das comemorações dos 10 anos do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM/NUMA). A palestra terá início às 9h30, da sala Jutuba.

Serviço:

Palestra "Participação e Desenvolvimento Territorial: as experiências da Espanha"

Local: Núcleo de Meio Ambiente, sala Jutuba - Campus Profissional

Data: 06 de junho de 2017

Hora: 9h30

Semana de Meio Ambiente do NUMA começa nesta sexta, 02

O Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA/UFPA) realizará a partir desta sexta-feira, 02, a XXVI Semana de Meio Ambiente, que este ano vem com o tema "Sustentabilidade ambiental em debate". O evento que continua no dia 05 de junho, ocorre na sede do Núcleo, em uma programação que reúne seminários, palestras, lançamento de livros e atrações culturais. A entrada é gratuita. Confira a programação completa aqui.

Conscientização - A Semana do Meio Ambiente ocorre em meio as celebrações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado anualmente no dia 05 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. A proposta é transformar o mês de junho em um período de atenção pública e de ações políticas de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Com isso, a programação da XXVI semana se inicia no dia 02, pela manhã, com a solenidade de abertura e uma ação sustentável, quando servidores e discentes do NUMA farão o plantio de 22 mudas de plantas nos arredores do Núcleo. Em seguida, os participantes poderão acompanhar duas palestras: uma sobre a inserção dos critérios socioambientais e sobre biodiversidade e regime de benefícios compartilhados.

Pelo período da tarde, a partir das 14 horas, os participantes acompanharão outras duas palestras: uma sobre a gestão social de bens comuns urbanos e outra sobre o meio ambiente no contexto da crise econômica. Logo em seguida, haverá o lançamento de dois "e-books" sobre gestão ambiental na Amazônia. Para encerrar o dia, Ilma Maria e Paulinho dos teclados serão as atrações culturais do "Carimbatuque".

Já na segunda-feira, 05, o evento retoma a partir das 9h da manhã com a palestra "Saberes Tradicionais e Meio Ambiente", seguida das palestra sobre agroecologia e tecnologias sociais e legislação e meio ambiente.

NUMA: 26 anos de história - Fundado no dia 4 de janeiro do ano de 1991, o Núcleo de Meio Ambiente possui atualmente o mais antigo mestrado profissional da UFPA. Foi criado como um órgão de integração da Universidade Federal do Pará, com caráter multi e interdisciplinar, que tem a finalidade de promover o desenvolvimento das ciências ambientais, criando condições para execução de programas que propiciem a atuação articulada das unidades de pesquisa, ensino e extensão.

 

Texto e arte: Fábia Sepeda - Núcleo de Meio Ambiente da UFPA

XXVI Semana de Meio Ambiente inicia com plantação de mudas

Servidores e docentes do Núcleo de Meio Ambiente da UFPA participaram nesta sexta-feira, 02 da plantação de 22 mudas de árvores no entorno da instituição. A ação fez parte da programação da XXVI Semana de Meio Ambiente, que este ano trouxe como tema "Sustentabilidade ambiental em debate". O evento que continua no dia 05 de junho, ocorre na sede do Núcleo, em uma programação que reúne seminários, palestras, lançamento de livros e atrações culturais. Confira aqui a galeria de fotos do evento.

Conscientização - A Semana do Meio Ambiente ocorre em meio as celebrações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado anualmente no dia 05 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. A proposta é transformar o mês de junho em um período de atenção pública e de ações políticas de povos e países para aumentar a conscientização e a preservação ambiental.

Confira a programação completa do evento aqui.

> Para saber mais: Semana de Meio Ambiente do NUMA começa nesta sexta, 02

Seminário sobre Grandes Projetos na Amazônia lota auditório do IG

A comunidade acadêmica e o público em geral lotaram o auditório do Instituto de Geociências (IG), na UFPA, na manhã desta quinta-feira, 25. O motivo: acompanhar o "1º Seminário Impactos Socioambientais de Grandes Projetos na Amazônia: crise, conflitos e perspectivas". Sob a organização do Prof. Dr. André Farias, o evento fez parte das comemorações dos 10 anos do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM/NUMA).

O Seminário teve como objetivo permitir a reflexão crítica sobre os projetos de maiores impactos socioambientais no Pará e problematizá-los a partir de novas perspectivas, permitindo assim pensar o futuro sustentável de nossa Região. A ideia para evento surgiu a partir de um esforço coletivo envolvendo os discentes da disciplina “Impactos Ambientais dos Grandes Projetos na Amazônia”, ministrada pelo Prof. Dr. André Farias, no âmbito do PPGEDAM. A iniciativa  conta ainda com o apoio dos pesquisadores e discentes do Grupo de Pesquisa Avaliação Ambiental dos Grandes Projetos na Amazônia (GAAGEPAM) e Membros do Projeto de Pesquisa Hidrelétricas, Sociedade e Ambiente no Estado do Pará (HISAM).

Impactos -  O primeiro painel do evento reuniu representantes de diversos segmentos da sociedade e do estado para um debate sobre as contradições, os conflitos e as perspectivas dos impactos socioambientais de grandes projetos na Amazônia. Dentre os participantes, estavam presentes representantes do MPE, Ibama, FAMEP e SECTET. Leandro Aranha, do Ibama no Pará, questionou durante seu discurso qual tipo de desenvolvimento as pessoas desejam para a Amazônia. Segundo ele, dependendo da maneira como os grandes projetos são implantados, impactos negativos podem ser irreversíveis. "É preciso passar a planejar algo que traga desenvolvimento para a Amazônia, sem grandes consequências", ressaltou.

Grandes projetos - A (re) configuração da Amazônia, a partir dos anos 2000, é resultado de uma política desenvolvimentista planejada pelo Estado brasileiro, onde os Grandes Projetos continuaram sendo protagonistas. Hidrelétricas, Infraestrutura Logística (Portos, Estradas e Ferrovias), Projetos Agropecuários, Mineração e Monocultivos reafirmaram o processo histórico de consolidação da Região como exportadora de commodities. Por outro lado, os impactos e conflitos socioambientais têm apresentado tendência de crescimento, anulando os possíveis impactos positivos no trabalho e na renda regionais.

Texto e foto: Assessoria de Comunicação NUMA/UFPA

 

Número de visitantes: