Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

Portuguese English French Spanish
Início > Notícias > CAPES aprova o primeiro Doutorado Profissional da UFPA
Início do conteúdo da página

CAPES aprova o primeiro Doutorado Profissional da UFPA

Publicado: Segunda, 10 Dezembro 2018 10:23 | Acessos: 406

A CAPES divulgou na quinta-feira, 6, o resultado das avaliações das propostas de cursos novos e o doutorado profissional do PPGEDAM foi aprovado.

imagem sem descrição.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)  aprovou, com nota 5, o doutorado profissional do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia (PPGEDAM), vinculado ao Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) da Universidade Federal do Pará (UFPA). O resultado da avaliação nacional de propostas de cursos na modalidade doutorado profissional foi divulgado no dia 06 de dezembro. Com a aprovação, o PPGEDAM passa a ser o primeiro programa com doutorado profissional da UFPA, tornando-se referência nacional e protagonista de excelência da nova modalidade.

Segundo dados do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG), existem atualmente 805 programas de pós-graduação profissionais no Brasil, sendo que até recentemente os programas eram constituídos apenas por cursos de mestrado profissional. A nova modalidade doutorado profissional foi instituída pelo Ministério da Educação (MEC) em 2017. Com isso, os programas profissionais puderam submeter propostas de cursos de doutorado profissional, cujo resultado da primeira avaliação pela CAPES foi publicado na última quinta-feira (06/12).

Das 96 propostas de curso de programas de pós-graduação de todo país submetidas à avaliação, a Capes aprovou 16 doutorados profissionais, sendo 15 institucionais e 1 em rede. Os cursos aprovados abrangem diferentes áreas do conhecimento: Biodiversidade, Biotecnologia, Ciência Política e Relações Internacionais, Educação, Educação Física, Ensino, Farmácia, Interdisciplinar, Materiais, Medicina Veterinária, Odontologia e Saúde Coletiva. A CAPES conferiu notas 4 e 5 aos novos cursos, tendo apenas um sido aprovado sem nota, a ser conferida ao final da avaliação quadrienal dos cursos de pós-graduação (2017-2020). O PPGEDAM tornou-se o único doutorado profissional da área Interdisciplinar com nota 5 em todo o país.

Segundo o diretor geral do NUMA, professor Sérgio Cardoso de Moraes, "a aprovação do doutorado profissional vem consolidar o projeto construído desde o mestrado profissional (2007), que, há mais de uma década, contribui com a formação interdisciplinar de profissionais que atuam na interface socioambiental”. 

O professor Gilberto Rocha, diretor adjunto e coordenador acadêmico do NUMA, destaca ainda que “o PPGEDAM, tanto na modalidade de mestrado como na de doutorado, é o resultado de uma concepção e prática acadêmica de cunho profissional - cujos eixos principais são a interdisciplinaridade, a investigação centrada na temática ambiental e a valorização da integração universidade e sociedade - inaugurada há 27 anos quando da criação do Núcleo de Meio Ambiente (NUMA) pela UFPA ”.

Para o coordenador do programa, professor Rodolpho Zahluth Bastos, o resultado é recebido com muita alegria e responsabilidade, “a aprovação é fruto de uma construção coletiva, resultado do excelente trabalho desenvolvido pelos docentes, técnicos, discentes e egressos do programa. Um agradecimento especial à Propesp e à Reitoria da UFPA pelo apoio fundamental ao PPGEDAM e, em especial, durante o processo de submissão da proposta de doutorado profissional. A conquista é de todos, uma grande conquista para a UFPA”. O professor anuncia que o Colegiado do curso se reúne ainda este mês para tratar do edital cuja previsão de lançamento é no primeiro semestre de 2019.

O PPGEDAM - Criado em 2007, o PPGEDAM já passou por três avaliações de desempenho pela CAPES. Avaliado inicialmente com nota 3 na modalidade mestrado profissional, o programa alcançou a nota 4 em sua primeira avaliação completa (2010-2012), progredindo em seguida para nota 5 na última avaliação quadrienal (2013-2016). O desempenho progressivo do curso ao longo de dez anos de existência foi, portanto, fundamental, do ponto de vista qualitativo, para a aprovação da proposta de doutorado profissional do PPGEDAM, o primeiro da UFPA nesta modalidade.

O PPGEDAM caracteriza-se pela atuação conjunta de discentes e docentes na produção científica, na realização de trabalhos de campo e na aplicabilidade do conhecimento gerado pelos produtos de pesquisa e dissertações. Favorecidos pela formação, grande parte dos egressos do programa atuam profissionalmente em secretarias municipais, órgãos estaduais e da União; são professores em diferentes níveis de ensino; atuam em ONG; entre outras atividades profissionais, como médicos, juiz e analistas judiciários. Destaca-se ainda que cerca de 15% dos egressos do programa cursam atualmente doutorado no Brasil e no Exterior.

O Programa mantém convênios regulares com prefeituras, associações locais e universidades do Brasil e Exterior, como Paris 13 (França), Michigan (Estados Unidos), Alicante (Espanha), Eduardo Mondlane e Universidade Pedagógica (Moçambique), entre outras. Esses elementos mostram uma estrutura de formação do Programa que atende às demandas da sociedade regional, sobretudo no tocante à qualificação para a gestão ambiental pública e privada e à aplicabilidade do conhecimento interdisciplinar em prol do desenvolvimento local, em especial, na Amazônia.

Doutorados Profissionais - Os doutorados profissionais foram instituídos no Brasil através da Portaria Ministerial n° 389, de 23 de março de 2017, que revogou dispositivo anterior que regulava apenas os mestrados profissionais. Um dos motivos elencados para a criação desta modalidade de doutorado é a relevância social, científica e tecnológica dos processos de formação profissional avançada, bem como o estreitamento das relações entre as universidades e organizações públicas e privadas.

Presente em várias universidades do mundo, os doutorados profissionais são destinados à formação profissional de alta qualidade, capacitando profissionais para o exercício da prática profissional qualificada e transformadora de procedimentos, no atendimento de demandas sociais e organizacionais, profissionais ou do mundo do trabalho. Um dos principais objetivos dos programas profissionais é ampliar a produção no campo da pesquisa estratégica e da pesquisa e desenvolvimento, visando analisar e propor soluções para problemas complexos, presentes, seja no setor produtivo, seja no âmbito das políticas públicas.

No caso do PPGEDAM, a perspectiva plural e interdisciplinar é a tônica do programa, que tem como centralidade a gestão do meio ambiente para o desenvolvimento local sustentável. A sociedade, a natureza e a economia são centrais na formação, considerando, todavia, os diversos recortes territoriais, a cultura e as estruturas político-institucionais. O objetivo básico do programa é desenvolver pesquisas com maior inserção social, visando a aplicabilidade do conhecimento e a capacitação profissional qualificada. Trata-se, em suma, de aproximar os trabalhos de pesquisa conduzidos pela universidade com as demandas espontâneas ou induzidas pela sociedade, e de arranjos produtivos com vistas ao desenvolvimento local, regional ou nacional.

Texto: Rodolpho Zahluth Bastos e Beatriz Aviz - Assessoria NUMA

Fotos/matéria: Beatriz Aviz
Foto/capa: Fábia Sepêda
registrado em:
Fim do conteúdo da página

Today 3

Yesterday 121

Week 124

Month 1639

All 40847

Currently are 9 guests and no members online

Kubik-Rubik Joomla! Extensions